sexta-feira, 13 de março de 2015

Os Vingadores - Chris Evans visita hospital infantil como o Capitão América


No final da semana passada, Chris Evans, conhecido como o Capitão América dos cinemas, vestiu a roupa do personagem para visitar as crianças do Hospital Infantil de Seattle. Ao lado dele estava Chris Pratt, o Senhor das Estrelas do filme Guardiões da Galáxia .

Ambos haviam feito uma aposta em fevereiro, durante o Super Bowl, e quem perdesse iria se fantasiar como o personagem que interpreta nas telas. Na ocasião, Pratt perdeu e se vestiu de Senhor das Estrelas..

Confira as fotos abaixo, postadas tanto pelos pacientes quanto pelo próprio hospital:








Fonte: Omelete


Homem de Ferro - Menino recebe uma prótese do próprio Tony Stark


O jovem Alex tem sete anos e ama super-heróis. Ele nasceu com uma má formação no braço direito mas, felizmente, conseguiu ajuda de dois especialistas em robótica: Albert Manero, um pesquisador que desenvolve próteses biônicas de baixo custo com impressoras 3D e... Tony Stark!

O ator Robert Downey Jr., que interpreta o herói nos filmes da Marvel, participou de uma ação junto a Manero, na qual Alex ganhou uma prótese fabricada com a tecnologia do pesquisador, mas customizada no estilo da armadura do Homem de Ferro.  

Downey Jr. recebeu o garoto em um quarto de hotel, interpretando o bilionário da ficção, e revelou a prótese, guardada dentro de uma maleta das indústrias Stark. Apesar de visivelmente tímido, Alex reconheceu imediatamente o personagem. 

Veja a reação do garoto no vídeo abaixo: 
Fonte: Info

quinta-feira, 12 de março de 2015

Vingadores: A Era de Ultron - Thor vai ao Saturday Night Live após derrotar Ultron

Chris Hemsworth, o Thor de Vingadores: Era de Ultron, foi um dos convidados do último Saturday Night Live e aproveitou para encarnar o Deus do Trovão. No vídeo abaixo, veja o herói dando uma entrevista após a vitória dos Vingadores em cima de Ultron, o grande vilão do próximo filme da equipe:

Na continuação de Os Vingadores - The Avengers , Tony Stark (Robert Downey Jr.) tenta alavancar um programa de paz virtual, mas as coisas dão errado e os maiores heróis da Terra enfrentam o teste definitivo enquanto o destino do planeta está em jogo. Quando o vilanesco Ultron (James Spader) surge, cabe aos Vingadores impedir os seus planos terríveis. Para tanto, logo surgem alianças inesperadas que abrem caminho para uma aventura global épica e única.

Assista ao novo trailer de Vingadores: Era de Ultron
 
Fonte: Omelete

Supergirl - Surge a primeira imagem da heroína na série de TV


A CBS divulgou a primeira foto de Melissa Benoist com o uniforme da  Supergirl  na série de TV:

A série acompanhará Kara Danvers (Melissa Benoist), ou Kara Zor-El, a prima do Superman, e Alexandra "Alex" Danvers (Chyler Leigh), a irmã terráquea de Kara. Kara chega à Terra aos 12 anos, depois de partir  do planeta Krypton, e é adotada pela família Danvers - que a ensina a ser cuidadosa com seus poderes. 

Depois de represar suas habilidades por uma década, Kara é forçada a mostrar seus dons em público, durante um desastre inesperado. Motivada por seu heroísmo, ela começa a abraçar sua vocação para ajudar as pessoas de sua cidade.

Enquanto isso, Alex Danvers é descrita como bela e brilhante, com uma cabeça voltada para a ciência. Alex cresce com inveja dos poderes de Kara, e esse fascínio a força a aprender tudo o que pode sobre a alienígena, de antropologia a cultura e sociologia. Hoje Alex trabalha para uma organização secreta do governo e, ao lado da irmã adotiva, enfrenta desafios tanto mundanos e quanto gigantescos.

Supergirl continua escalando o elenco do seu piloto e ainda não teve uma temporada aprovada.

Fonte: Omelete

terça-feira, 10 de março de 2015

USP comprova: Energia liberada pelas mãos tem o poder de curar


Um estudo desenvolvido recentemente pela USP (Universidade de São Paulo), em conjunto com a Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), comprova que a energia liberada pelas mãos tem o poder de curar qualquer tipo de mal estar. O trabalho foi elaborado devido às técnicas manuais já conhecidas na sociedade, caso do Johrei, utilizada pela igreja Messiânica do Brasil e ao mesmo tempo semelhante à de religiões como o espiritismo, que pratica o chamado “passe”. 
Todo o processo de desenvolvimento dessa pesquisa nasceu em 2000, como tema de mestrado do pesquisador Ricardo Monezi, na Faculdade de Medicina da USP. Ele teve a iniciativa de investigar quais seriam os possíveis efeitos da prática de imposição das mãos. “Este interesse veio de uma vivência própria, onde o Reiki (técnica) já havia me ajudado, na adolescência, a sair de uma crise de depressão”, afirmou Monezi, que hoje é pesquisador da Unifesp. 

Segundo o cientista, durante seu mestrado foram investigado os efeitos da imposição em camundongos, nos quais foi possível observar um notável ganho de potencial das células de defesa contra células que ficam os tumores. “Agora, no meu doutorado que está sendo finalizado na Unifesp, estudamos não apenas os efeitos fisiológicos, mas também os psicológicos”, completou. 

A constatação no estudo de que a imposição de mãos libera energia capaz de produzir bem-estar foi possível porque a ciência atual ainda não possui uma precisão exata sobre esse efeitos. “A ciência chama estas energias de ‘energias sutis’, e também considera que o espaço onde elas estão inseridas esteja próximo às frequências eletromagnéticas de baixo nível”, explicou. 

As sensações proporcionadas por essas práticas analisadas por Monezi foram a redução da percepção de tensão, do stress e de sintomas relacionados a ansiedade e depressão. “O interessante é que este tipo de imposição oferece a sensação de relaxamento e plenitude. E além de garantir mais energia e disposição.” 
Neste estudo do mestrado foram utilizados 60 ratos. Já no doutorado foram avaliados 44 idosos com queixas de stress.
O processo de desenvolvimento para realizar este doutorado foi finalizado no primeiro semestre deste ano. Mas a Unifesp está prestes a iniciar novas investigações a respeito dos efeitos do Reiki e práticas semelhantes a partir de abril do ano que vem.


Fonte: RAC